Fotos

350 €

Loja de comercio para arrendamento em Famalicão

Vila Nova de Famalicão, Vila Nova de Famalicão e Calendário, Ocidental (Calendário)

Referência: C0251-01486

Certificado energético:

Loja de comercio para arrendamento em Famalicão,
Esta preparado para talho, mas pode ser outro negocio, o Seu negocio.
Localizado em zona residencial, próximo a vários serviços.
Vila Nova de Famalicão é uma cidade portuguesa, sede do concelho com o mesmo nome com cerca de 140 000 habitantes (133 048 habitantes - 2011), com uma área de 201,59 km² , subdividida em 34 freguesias (49 freguesias[4] até 2013, atualmente com 11 uniões de freguesia e 23 freguesias originais). Integrada no distrito de Braga, Região do Norte de Portugal e sub-região do Vale do Ave, a 41⁰24’36” N e a 8⁰31’13.53” W. Em 1205, por Carta de Foral de D. Sancho I, deu-se a criação do povoamento de Vila Nova. O concelho foi criado em 1835 por desmembramento de Barcelos e elevado à categoria de Vila por Carta de Foral de D. Maria II. Em 1985, por aprovação na Assembleia da República, Vila Nova de Famalicão é então elevada à categoria de cidade. Os habitantes de Famalicão chamam-se famalicenses.

Conhecida frequentemente apenas como Famalicão, a cidade é a porta de entrada do Minho para quem vem do Sul, e a última referência do Minho para quem vem do Norte de Portugal Continental e Galiza. A sua localização privilegiada motivou, desde tempos ancestrais, a passagem e fixação de povos e civilizações que deixaram marcas das suas riquezas e culturas no território até aos dias de hoje. O município é limitado a norte pelo município de Braga, a leste por Guimarães, a sul por Santo Tirso e Trofa, a oeste por Vila do Conde e Póvoa de Varzim e a noroeste por Barcelos. Por consequência, o concelho de Famalicão é servido atualmente por uma moderna rede de acessibilidades, acolhendo um dos mais importantes cruzamentos de autoestradas do país – A3 (Porto – Vigo) e A7 (Guimarães – Póvoa de Varzim), bem como um serviço de transportes ferroviários com ligações directas a Braga, Guimarães, Porto, Vigo, Coimbra, Lisboa e Algarve.
Devido a este posicionamento estratégico, Famalicão é hoje mencionado como um dos principais centros culturais, comerciais e industriais do país. A força da sua indústria diversificada e dinâmica socioeconómica são características de destaque a nível nacional e internacional. Vila Nova de Famalicão acolhe as sedes de algumas das maiores e melhores empresas do país em vários setores da indústria, com o seu expoente de força nos sectores Têxtil e Vestuário, Automóvel, Agroalimentar e Metalomecânica, conferindo-lhe o 3º lugar nos concelhos mais exportadores[5] do país e uma das principais economias industriais do Norte.

Terra do escritor Camilo Castelo Branco, cuja casa-museu (Casa de Camilo) (que fica em Seide ) integra uma rede de 13 museus, da qual faz parte também o Centro Português do Surrealismo, o Museu Nacional Ferroviário - Núcleo Museológico de Lousado e o Museu da Indústria Têxtil – Bacia do Ave, entre outros.

Vila Nova de Famalicão é um concelho a conhecer, nomeadamente pelo dinamismo das suas associações desportivas[6], pela sua oferta cultural multifacetada – que tem o seu máximo expoente na Casa das Artes -, pelo seu turismo rural, religioso e industrial, pelas suas festas e romarias, pela sua rica gastronomia e o pelo seu património cultural e industrial[7].

Detalhes
  • Preço:  350 €  
  • Estado: Arrendar
  • Área bruta:  47 m2
  • Estado: Bom
  • Ano de construção: 1985
  • Certificado energético: D
Dominio e Capacidade Mediação Imobiliária, Lda  AMI: 8947