Fotos

59 000 €

Prestação Estimada
CALCULAR

Moradia para restauro em Seixas (Vista rio)

Moradia 2 Quartos

2 Quartos 1 Casa de banho 100 m2 de área

Caminha, Seixas

Referência: C0437-00121

Certificado energético:

Esta moradia fica numa das mais antigas freguesias de Caminha: Seixas, mais concretamente na sua zona mais antiga, rodeada de casas tradicionais e numa elevação denominada de escadas do Facho, nomenclatura relacionada com os faróis, já que Seixas era não só uma freguesia voltada para a agricultura, mas também para a pesca e para o rio.
Na atualidade, Seixas está também vocacionada para o turismo, pois além do seu sossego e acessibilidades, é a única freguesia do concelho que dispõe de uma rampa (funcional) de acesso para embarcações de recreio. Muita é a procura por esta zona do estuário do Minho durante o verão, pois dispõe de várias ilhas que proporcionam grande tranquilidade, segurança e, em especial, abrigo da habitual nortada!
Esta casa pode, então, representar um baixo investimento para a sua remodelação, pois estruturalmente o seu estado é bom. Será basicamente um projeto de atualização/modernização.
O piso inferior é constituído por um salão de paredes graníticas. O primeiro piso tem dois quartos, WC, sala e cozinha. Já na parte alta da casa, ao nível do seu telhado, situa-se o seu logradouro, local a partir do qual se pode contemplar o Rio Minho e a Galiza.
Sobre Seixas:
Seixas é uma linda freguesia do concelho de Caminha, situada no Alto Minho.
Tendo recebido o seu foral no ano de 1262, no dia 9 de Novembro por D. Afonso III na cidade de Coimbra, momento marcante na história e cultura da nossa freguesia, o primitivo foral foi destruído “queimado” pelo povo da Crunha “Corunha”. Esse foral inicial outorgado por D. Afonso Henriques, segundo o livro “A carta de foros de Seixas”, Seixas é mais antigo do que o reino de Portugal.
Seixas é uma povoação antiquíssima, mais que a soberania nacional pois que, ladeada a sul pelo Rio Coura e a Vila de Caminha, do poente pelo Rio Minho e pelos altos castrejos de Santa Tecla e a Vila de La Guardia da Galiza, por norte pela freguesia de Lanhelas e pelo Monte Goios e por nascente defendida pelo Monte do Gorito e do Crasto que dá para a freguesia de Vilar de Mouros.
A gente da freguesia de Seixas é afável, simples e trabalhadora. A floresta é uma fonte de recursos naturais que os seixenses numa preocupação ambiental preserva. A agricultura foi em tempos o sustento da sua população através da cultura da batata e do milho. As pescas, ainda hoje, são a principal atividade que fornece aos restaurantes e população a gastronomia rica desta freguesia. Começando pelos “meixões”, a lampreia, o sável, o robalinho e o mujo “peixe branco”, o rio Minho oferece grande variedade de peixe para a mesa dos restaurantes de Seixas.
O rio Minho, além da pesca, também facilita o turismo e os desportos náuticos. Estando perto da sua foz e com o seu grandioso estuário, as águas são límpidas e calmas. As ilhas existentes propiciam os passeios de barco, o ski aquático, o windsurf, o skitsurf, a saída para a pesca e o mergulho no mar.
Seixas é uma localidade com muitas casas senhoriais com predominância no Lugar de São Sebastião, mas também os chamados “torreões”, por ex: de São Bento, dos Costas, dos Nogueiras, do Terra de Brito e muitos outros.
Pelos motivos anteriores é que Seixas é uma terra de ilustres arquitetos. Miguel Ventura Terra e Miguel Nogueira são muito conhecidos. Dizem que deles veio a designação “Seixas, Paris e Londres”, quando fez a maqueta dos pavilhões de Portugal para a exposição de Paris em 1900 e colocou a bandeira de Portugal em Seixas, o centro do (seu) país.
In: http://jf-seixas.com/

Detalhes
  • Preço:  59 000 €  
  • Estado: Venda
  • Área útil:  100  m2
  • Área bruta:  132 m2
  • Estado: Mau
  • 2 Quartos
  • 1 Casa de banho
  • Ano de construção: 1937
  • Certificado energético: E
Prestação Mensal Estimada

59 000 €

Intermediário de crédito
Clique para uma simulação personalizada


Gold Confiança, Lda.  AMI: 17934